Entrevista com Sylvinho Blau Blau
Sylvinho Blau-Blau Começou sua carreira integrando a banda Absyntho, que ficou famosa com a música Ursinho blau-blau e participou de uma série de programas de televisão e rádio. Outras canções, como Só a lua e Lobo, também estouraram nas paradas de sucesso, tinha ainda Balanço do Trem, canção que encerrava o programa da Xuxa. Teve um CD produzido por Lulu Santos e chegou a fazer apresentações em outros países. Integrou a chamada geração new wave do rock que durou cinco verões, entre 1983 e 1988. O new wave surgiu nos Estados Unidos no final dos anos 1970 e teve os grupos Blondie e Talking Heads como maiores expoentes. Só chegou ao Brasil no verão de 1983 com bandas como B-52, Devo, General Public, entre outras. Com o sucesso, o grupo Absyntho foi a praticamente todos os programas de televisão[2] da época, entre eles, Chacrinha, Globo de Ouro, Raul Gil, Barros de Alencar e Bolinha. Nessa época anos 1980, os conjuntos musicais no Brasil tocavam músicas com letras ingênuas. Depois que a banda foi desfeita, em 1988, Sylvinho lançou o seu primeiro disco solo[3]. Ele ainda nem tinha incorporado o "Blau Blau" no sobrenome artístico. A música "Medo feroz" foi a faixa de trabalho do álbum "Topete" pela gravadora BMG e foi grande sucesso musical na época. O disco é bem produzido e se destaca pela participação especial do Lulu Santos na música que dá título ao disco, composta pelo próprio em parceria com Bernardo Vilhena. Entre os compositores também se encontram o Lobão, Vinicius Cantuária, Ed Wilson e Evandro Mesquita, entre outros. Em 1989, lançou um novo disco, que foi produzido por Marlene Matos (que foi empresária de Xuxa) e Michael Sullivan (parceiro de Paulo Massadas) para o selo Xuxa Discos-RGE. Em 1995, lançou o disco Trampolim pela gravadora Cedro Music em uma das primeiras experiencias em música eletrônica, com o grande músico e arranjador Victor Chicri. Após uma temporada na Europa, gravou, no Brasil, em 1999, o disco Animal Faminto pela gravadora Indie Records, com músicas assinadas por Cassiano, Fernanda Abreu e outros artistas.
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!